Pregador Luo anuncia que irá deixar carreira gospel: “Pendurando o microfone”

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

download

Não vou fazer isso para sempre, daqui mais uns três anos penduro meu mic”, afirmou, em entrevista cedida à MTV.

 

O rapper Pregador Luo está divulgando o seu disco mais recente, o projeto de remixes RetransMISSÃO e, no último mês, esteve em trabalho ao fazer uma gravação ao vivo. No entanto, ao falar sobre as participações e parcerias existentes em seu trabalho, o músico admite que seus tempos nos palcos podem estar contados.

“Incluir esses manos e mais alguns outros em meus próximos dois ou três trabalhos já é uma forma de ir se despedindo do rap e aproveitando para estar mais uma vez junto com pessoas que me ajudaram a ser quem sou e a criar um movimento novo. Não vou fazer isso para sempre, daqui mais uns três anos penduro meu mic”, afirmou, em entrevista cedida à MTV.

 

Luo ainda falou acerca do conceito em torno do título do álbum. “Chegam pais de família nos meus shows na faixa dos 40, 45 anos que se formaram homens curtindo meu som e colocaram seus filhos para escutar desde bebês. Esses garotos chegam nos shows com filhos de 5 anos, ou mais, no colo e essas crianças também já cantam e gostam do meu som. Mais do que um legado, isso é uma Missão, por isso RetransMISSÃO”.

O rapper ainda comentou o processo político vivido pelo Brasil e não acredita em dias melhores para a população. “Tem uma força oculta que age através da política que transforma homens em putas. Gente que vende seu povo como gado, que estoura com a saúde física e mental da nossa gente. Como ser otimista no futuro do mundo com Trump, Dilma, Lula, Temer no poder e outros boçais da mesma estirpe dominando o mundo?”, questionou.

“Não tenho mais confiança nenhuma nessa zorra. Eu tô literalmente falando do Céu, bom lugar que Sabotage também cantava. Enquanto tô aqui faço minha parte, mas quero sair dessa dimensão quanto antes e ir para aquela que Jesus me prometeu”, acrescentou o músico.

Questionado acerca do que lhe chama a atenção no rap atualmente, Pregador Luo foi categórico. “Quase morri no início dos anos 2000 por dar opinião, tentaram me matar por eu dar uma ideia saudável, acredita nisso cara? O rap aqui é pequeno, podia ser muito maior. Mas querem pagar de cão e ser coadjuvantes. Vou meter a Glória Pires nessa, não me sinto capaz nem com vontade de opinar”.

(Gospel Prime)

0
0
0
s2sdefault

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar